terça-feira, 16 de novembro de 2010

SÍNDROME DE HIPERVISCOSIDADE

       A síndrome de hiperviscosidade é entendida como um distúrbio da microcirculação carcterizado por um aumento da viscosidade sanguínea que resulta em redução do fluxo capilar (hipofusão) e isquemia de órgãos. Suas causas são muito variadas, pode ser alterações do componente plásmatico: hperglobulinemia, mieloma múltiplo, macroglobulinemia e hiperglicemia, como também alterações do componente celular: aumento do hematócrito, eritrocitose, em recém-nascidos malformações cardíaca com cianose, DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica), policetemia vera, desidratação, distúrbio da deformidade das hemácias, anemia falciforme, leucemia mielóide crônica e leucemias agudas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário